Menu Fechar

Playlist do Bolinha

Playlist do Bolinha

O vídeo de hoje é pra relembrar Edson Bolinha Cury, um dos mais autênticos apresentadores da história da televisão!

Eu fiz um pedaço até grandinho entre parênteses pra lembrar que o que era permitido nos anos 80/90 não necessariamente é permitido hoje pra espantar aquele pessoal do “antigamente era melhor, hoje é só mimimi, politicamente correto”… Mas é importante lembrar que o Bolinha, no quadro “Eles e Elas”, sempre usou o gênero certo com quem se apresentava lá. ❤

O que tem?

Parte 1

Amado Batista – Princesa (1991)
Sérgio Reis – Pinga Ni Mim (1987)
Carmen Silva – O Amor é Um Bichinho (1984)
Trio Parada Dura – Bobeou… A Gente Pimba (1987)
Clemilda – Prenda o Tadeu (1985)
Biro do Cavaco – Jéssica (1989)
Juan Luis Guerra – Romance Rosa (1991)*
Djalma Pires – Samba de Ninar (1986)
Leandro & Leonardo – Solidão (1987)
Wilson & Soraia – Mais Uma Noite Sem Você (1992)
Chitãozinho & Xororó – Página Virada (1989)
Sula Miranda – Estrada Afora (1991)
Gretchen – Melô do Xique-Xique (1984)
Cheiro de Amor – Auê (1989)
Kássia – O Amor Não é Pecado (1993)

*atração internacional disponível apenas no Spotify | na versão Deezer: José Augusto – Chuvas de Verão (1987)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify


Parte 2

Mara Maravilha – Não Tem Jeito (1991)
Chitãozinho & Xororó – Brincar de Ser Feliz (1991)
Roberta Miranda – Vá Com Deus (1987)
Leandro & Leonardo – Não Aprendi a Dizer Adeus (1991)
Rita Cadillac – Merenguendê (1984)
Beto Barbosa – Adocica (1988)
Banana Split – Dance e Balance (1990)
Raça Negra – Perdi Você (1992)
Eliana de Lima – Apenas Matriz (1991)
Zezé di Camargo & Luciano – Quem Sou Eu Sem Ela (1991)
Chrystian & Ralf – O Que Tiver Que Vir Virá (1992)
João Mineiro & Marciano – Seu Amor Ainda é Tudo (1988)
Gretchen – Love is Love (1987)
Los Maneros – Mata Papai (Já Que Está Gostoso Deixa) (1987)
Donizeti – Ai Amor (1991)

Extra: entrevista com Gretchen (1991)

Toca aqui:

Ver no YouTube

tocarquivo Raça Negra

tocarquivo Raça Negra

Todas as nuances de um relacionamento afetivo já foram cantadas pelo Raça Negra: flertes, inícios, paixões, términos pelos mais variados motivos, pós-términos, reconciliações, traições, ciúmes… Tem de tudo nas letras!

Nesse mês de novembro (de 2019), que tá trazendo uma overdose de flashbacks hiper populares que fazem parte da história da maioria dos brasileiros com mais de 30 – e que é todo pra se libertar de qualquer hierarquia imposta pelo senso comum – vai ter playlist também toda quinta relembrando sucessos de alguns artistas que, injustamente, não têm uma “This is: {Fulano}” no Spotify.

O convite de hoje é pra você abrir um litrão (combina), aumentar o som e curtir uma sofrência mais que assumida com esse ícone do pagode! É só sucesso, em ordem cronológica, na ordem em que apareciam nos álbuns originais.

Em tempo: procurando imagens pra fazer a capa dessa tocarquivo, achei um texto do Mauro Ferreira, crítico musical com quem geralmente concordo, dizendo que a obra do Raça Negra merecia ser reavaliada. Só não concordo mais porque nem preciso reavaliar: sempre gostei!

O que tem?

Quero Ver Você Chorar (1991)
Pensando em Você (1992)
Cigana (1992)
Só Com Você (1992)
Oi (Estou Te Amando) (1992)
Perdi Você (1992)
Jeito Felino (1992)
Cheia de Manias (1992)
Tempo Perdido (1993)
Sem Você (1993)
Estou Mal (1993)
Doce Paixão (1993)
Quando Te Encontrei (1993)
Te Quero Comigo (1994)
Me Leva Junto Com Você (1994)
Volta (1994)
Maravilha (1995)
É Tarde Demais (1995)
Preciso Dar Um Tempo (1998)
Vida Cigana (2000)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify

Novembrega!

novembrega

Novembro vai ser todo de brega retrô! 🥰

Vai ter playlists novas com clássicos que ajudaram a construir a nossa identidade e que moram na memória afetiva de muita gente – na minha, inclusive – e reprises no Facebook e Instagram de listas que eu amo e que têm essa pegada.

É pra largar o modo privado/invisível do streaming (que eu não sei nem como chama porque eu nunca uso) e se jogar na festa, na sofrência, no que vier.

Em tempo: vai ter playlists novas com vídeo todo sábado e playlists da série* tocarquivo toda quinta, com artistas que não aparecem no “This is {Fulano}” do Spotify.

*série que, até agora, era de uma playlist só.

Noites brasileiras – Volume 2

Noites brasileiras - Volume 2

A playlist é de música brasileira que eu gosto pra escutar de noite. É continuação de uma das que eu mais ouço e entra na mesma pegada de “música pra dar uma desligada” e gostar do Brasil, que já aparece em outra que eu fiz nesse mês.

Falo sobre todas e sobre o que me faz “cancelar” ou não algum artista ou canção no vídeo.

O que tem?

Jorge Ben Jor (part. Trio Mocotó) – Oba, Lá Vem Ela (1970)
Mart’nália – Cabide (2006)
Os Paralamas do Sucesso – La Bella Luna (1996)
Gilberto Gil – Luar (A Gente Precisa Ver o Luar) (1981)
DUDA BEAT – Bixinho (2018)
Pepeu Gomes – Sexy Yemanjá (1993)
Novos Baianos – Farol da Barra (1978)
Caetano Veloso – Menino Deus (ao vivo) (2001)
Luiz Melodia – Estácio, Eu e Você (1973)
Zélia Duncan – Tua Boca (2012)
Djavan – Sem Saber (1994)
Letrux – Que Estrago (2017)
Barro – Poliamor (2016)
Sérgio Britto (part. Rita Lee) – Purabossanova (2013)
Ed Motta – Daqui pro Méier (1997)
Fernanda Abreu – Paisagem de Amor (2000)
Cézar Mendes (part. Marisa Monte) – Flor do Ipê (2018)
Gilberto Gil – Estrela (1997)
Mart’nália (part. Luiza Possi) – Alegre Menina (2008)
Alceu Valença – Deusa da Noite (Dia Branco) (2013)
Criolo – Até Amanhã (2016)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify   Ver no YouTube

Love’s in the air

Love's in the air

Hoje tem a releitura de uma coletânea conceitual. No vídeo eu conto melhor.

Eu falo sempre em eurodance, mas seria melhor se tivesse dito só dance music. Tem muita gente na lista que não faz parte daquele grupo de artistas especializados naquele tipo de música eletrônica.

O que tem?

John Paul Young – Love Is in the Air (Ballroom Mix) (1977/1992)

Rozalla – I Love Music (1994)
original: The O’Jays (1975)

Gloria Estefan – Everlasting Love (1994)
original: Robert Knight (1967)

Undercover – Baker Street (1992)
original: Gerry Rafferty (1978)

Diana King – I Say a Little Prayer (1997)
original: Aretha Franklin (1968)

Dream Girls – Year of Decision (1997)
original: The Three Degrees (1973)

Just Luis – American Pie (1995)
original: Don McLean (1971)

Nicki French – Total Eclipse of the Heart (Extended) (1995)
original: Bonnie Tyler (1983)

Double You – Please Don’t Go (1992)
original: KC & The Sunshine Band (1979)

Whitney Houston – I’m Every Woman (1992)
original: Chaka Khan (1978)

CeCe Peniston – Somebody Else’s Guy (David Morales Classic Old School Radio Edit) (1996)
original: Jocelyn Brown (1984)

N-Trance – D.I.S.C.O. (1997)
original: Ottawan (1979)

The Corrs – Dreams (1998)
original: Fleetwood Mac (1977)

Ultra Nate (feat. Amber, Jocelyn Enriquez) – If You Could Read My Mind (1998)
original: Gordon Lightfoot (1970)

Randy Bush – Sounds Like a Melody (1994)
original: Alphaville (1984)

Purple Beat – Don’t Stop ‘Til You Get Enough (1994)
original: Michael Jackson (1979)

DJ Bobo – Somebody Dance With Me (1993)
original: Somebody’s Watching Me – Rockwell (1984)

Coro (feat. Taleesa) – Because The Night (Radio Edit) (1992)
original: Patti Smith (1978) / sampler de Depeche Mode – Master and Servant (1984)

Christina Aguilera, Lil’ Kim, Mýa, P!nk – Lady Marmalade (Thunderpuss Radio Mix Version) (2001)
original: Patti LaBelle (1974)

Lee Marrow (feat. Charme) – I Want Your Love (1995)
original: It Must Be Love – Alton MaClain & Destiny (1978)

Atomic Kitten – Be With You (2003)
original: Last Train to London – Electric Light Orchestra (1979)

Alcazar – Crying at the Discoteque (1999)
original: Sheila & B. Devotion – Spacer (1979)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify

Posts mais recentes
Posts antigos