Menu Fechar

Flipper Sucessos

Flipper Sucessos

Minhas bandas preferidas na infância eram a-ha, Mara Maravilha e Legião Urbana. Também ouvia muita trilha de novela e rádio (Cidade, Metropolitana, Manchete, Transamérica, Jovem Pan), mas vivia pegando emprestado duas coletâneas que tinham músicas que não tocavam nem nas trilhas de novela e nem nas rádios: “Flipper Hits” e “Sucessos da Rádio Manchete FM Volume 4”.

flipperhits_sucessosdamanchete

Já falei dessas coletâneas no post sobre a playlist de 1982, mas por que não juntar o repertório dos dois discos no streaming?

O que é?
Flipper Hits + Sucessos da Manchete

O que toca?
Pop, Rock, Funk

Cheia de manias?
Nada. As músicas estão na ordem em que aparecem nos discos e eu só excluí, obviamente, o que não estava disponível no Spotify.

E o que tem?

FLIPPER HITS

The Human League – Don’t You Want Me? (1981)
Asia – Only Time Will Tell (1982)
The Go-Go’s – Vacation (1982)
Journey – Don’t Stop Believin’ (1981)
Survivor – Eye of the Tiger (1982)
Kansas – Play the Game Tonight (1982)
Buckner & Garcia – Froggy’s Lament (1982)

SUCESSOS DA RÁDIO MANCHETE FM VOLUME 4

Trio – Da Da Da (I Don’t Love You You Don’t Love Me Aha Aha Aha) (1982)
Afrika Bambaataa & The Soulsonic Force – Planet Rock (Original 12″ Version) (1982)
The Korgis – Don’t Look Back (1982)
The GAP Band – Early in the Morning (1982)
Genesis – Paperlate (1982)
Elton John – Blue Eyes (1982)
10cc – Run Away (1981)
Steve Miller Band – Abracadabra (12 Inch Mix) (1982)
ABC – The Look of Love (Pt. I) (1982)
Nazareth – Love Leads to Madness (1982)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer Ouvir no Spotify

Domingueira

Domingueira

O que é?
Nos-tal-gi-a

O que toca?
Disco, Funk, Soul, Rock, Samba-Rock, Hip-Hop

Cheia de manias?
São 24 músicas, que eu dividi como se fosse um álbum duplo com seis músicas em cada lado. Deu vontade de fazer assim por causa de uma das referências que definiram o repertório: as coletâneas em vinil da Som de Valente.

Tem música do final dos anos 50 até a primeira metade dos 80. As exceções são as que finalizam cada “álbum”: versão do Kaleidoscópio para “Só Nos Bailes”, da Adriana Drê, e “Sr. Tempo Bom’, do Thaíde & DJ Hum.

A divisão entre músicas brasileiras e estrangeiras é totalmente aleatória, mas segue o critério do “ficou bom aqui” que definiu a ordem de todas as músicas. Tocando no aleatório achei que não ficou tão legal. Então, se possível, recomendo desativar o shuffle.

E o que tem?
Diana Ross – I’m Coming Out (1980)
Banda Black Rio – Mr. Funky Samba (1977)
Tim Maia – Réu Confesso (1973)
Roberto Carlos – Não Vou Ficar (1969)
Paul McCartney – Check My Machine (edit) (1980)
Universal Robot Band – Dance and Shake Your Tambourine (1977)

Caetano Veloso – Odara (1977)
Indeep – Last Night a D.J. Saved My Life (1982)
The B. B. & Q. Band – On The Beat (1981)
Cheryl Lynn – Got To Be Real (1978)
Di Melo – A Vida em Seus Métodos Diz Calma (1975)
Kaleidoscópio – Só nos Bailes (Black) (2016)

Ray Charles – What’d I Say, Pt. I & II (1959)
Bert Kaempfert – Afrikaan Beat (1962)
Trio Mocotó – Recordar (Recordar é Viver) (1973)
Rita Pavone – Datemi Un Martello (If I Had a Hammer) (1963)
Jorge Ben Jor – Berenice (1978)
Orlandivo – Onde Anda o Meu Amor (1977)

Queen – Crazy Little Thing Called Love (1980)
Lady Zu – A Noite Vai Chegar (1978)
The Jacksons – Shake Your Body (Down to the Ground) (1978)
Chaka Khan – I Feel For You (1984)
Jimmy “Bo” Horne – You Get Me Hot (1979)
Thaíde & DJ Hum (part. Paula Lima & Ieda Hills) – Sr. Tempo Bom (1996)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer Ouvir no Spotify

vai!

vai!

O que é?
Música pra começar, pra recomeçar, pra não ter medo

O que toca?
MPB, Rock, Pop, Hip-Hop

Cheia de manias?
Às vezes o mundo não tá num momento tããão legal (será?) e a gente precisa aumentar o som e exorcizar tudo que não for leve. Aqui tem 20 músicas pra isso.

Mas não tem nada de autoajuda. Aliás, pelo contrário: a ideia é celebrar a nossa capacidade de superar, de recomeçar, de realizar. E é pra dançar!

As 20 músicas estão divididas em dois blocos de dez, como se fossem Lado A e Lado B. Ou Lado B e Lado A, porque o primeiro bloco tem artistas mais novos e o segundo tem uma maioria de artistas consagrados.

Tem reprise da Iza.

E o que tem?
Johnny Hooker – Touro (2017)
Tulipa Ruiz – Prumo (2015)
MC Tha – Valente (2018)
Copacabana Club – Just Do It (2012)
Peter Bjorn & John – Young Folks (2006)
Tropkillaz – Falador Passa Mal (808 Surdo Edit) (2015)
Iza (part. Rincon Sapiência) – Ginga (2018)
The Soup Dragons – I’m Free (1990)
Karina Buhr – Dragão (2015)
Barro – Vai (2016)

Caetano Veloso – Alegria, Alegria (1967)
Of Monsters and Men – Little Talks (2012)
Alice Caymmi – Tudo o Que For Leve (2012)
Alceu Valença – Espelho Cristalino (ao vivo) (2016)
Baby do Brasil – Tinindo Trincando (ao vivo) (2015)
Destiny’s Child – Survivor (2001)
Iza (part. Marcelo Falcão) – Pesadão (2017)
Nação Zumbi (part. Ney Matogrosso) – Amor (2017)
Milton Nascimento (part. Beto Guedes) – Nada Será Como Antes (1972)
Tom Zé – Vai (Menina Amanhã de Manhã) (1976)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer Ouvir no Spotify

Beijo e carne moída

Beijo e carne moída

ATUALIZADA EM JUNHO/2018

O Brasil tá passando por um momento bem esquisito, pra usar um adjetivo tranquilo. E entre uma notícia surreal e outra, um perfil falso da Ana Maria Braga apareceu definindo o país desse jeito:

anamaryb

Quando eu li pela primeira vez, pensei que fosse a Ana Maria Braga real oficial – vai saber, né? – e comecei a pensar em músicas que representassem esse conceito enigmático maravilhoso da república do beijo e da carne moída.

Infelizmente não era a Ana Maria Braga real oficial, mas a playlist já tava pronta. E ficou bem gostosinha e bem com a cara desse Brasil que tá descendo até o chão enquanto o mundo acaba. E que reina na Internet!

O que é?
Brasilidade contemporânea pra todas as bolhas

O que toca?
Pop, Funk, Sertanejo, Arrocha, Forró, Tecnobrega, Calipso, Axé etc.

Cheia de manias?
São 30 músicas com bloquinhos que passeiam por vários estilos. Começa no funk, faz que vai pro sertanejo mas vira pop/arrocha/tecnobrega/forró até chegar no sertanejo. Aí volta pro pop e termina com alguns clássicos.

Ah, tem muita música nova que já tá meio velha porque a ideia é todo mundo conhecer.

Tem reprises de Anitta, Nego do Borel, Wesley Safadão, Maiara & Maraisa, Simone & Simaria, Pabllo Vittar e Marília Mendonça.

E o que tem?
Ludmilla – Cheguei (2016)
Anitta (feat. Tropkillaz & DJ Yuri Martins) – Vai Malandra (2017)
MC Fioti – Joga o Bum Bum Tamtam (2017)
MC Livinho – Fazer Falta (2017)
MC Kevinho – Olha a Explosão (2016)
Nego do Borel (part. Anitta e Wesley Safadão) – Você Partiu Meu Coração (2017)
Marcos & Belutti (part. Wesley Safadão) – Aquele 1% (2015)
Maiara & Maraisa – Sorte Que Cê Beija Bem (ao vivo) (2017)
Simone & Simaria (part. Alok) – Paga de Solteiro Feliz (2018)
Pabllo Vittar (part. Mateus Carrilho) – Corpo Sensual (2017)
MC Loma e As Gêmeas Lacração – Envolvimento (2018)
Gaby Amarantos – Xirley (2012)
Calcinha Preta – Você Não Vale Nada (ao vivo) (2009)
Aldair Playboy – Amor Falso (2018)
Joelma – Não Teve Amor (2016)
Marília Mendonça – Infiel (ao vivo) (2016)
Naiara Azevedo (part. Maiara & Maraisa) – 50 Reais (ao vivo) (2016)
Maiara & Maraisa – 10% (2016)
Wesley Safadão (part. Marília Mendonça) – Ninguém é de Ferro (2017)
Pabllo Vittar – K.O. (2017)
Aretuza Lovi (feat. Gloria Groove) – Catuaba (2016)
Simone & Simaria (part. Anitta) – Loka (2017)
Nego do Borel (part. Luan Santana) – Contatinho (2017)
Clauda Leitte (part. Maiara & Maraisa) – Lacradora (2017)
Rouge (part. Las Ketchup) – Ragatanga (Aserejé) (2002)
Wanessa – Amor, Amor (2005)
Kelly Key – Baba (2001)
As Meninas – Xibom Bombom (1999)
Braga Boys – A Bomba (La Bomba) (2000)
Gretchen – Conga, Conga, Conga (DJ Batata Remix) (2017)

Toca aqui:
Ouvir na Deezer Ouvir no Spotify

Posts mais recentes
Posts antigos