Menu Fechar

.com

tocafitas.com

Depois de muitos meses, enfim tá tudo migrado e dá pra dizer as playlists do Toca fitas agora estão no tocafitas.com

Mudou pra que? Pra ficar mais fácil lembrar, pra ter o mesmo nome de usuário no Facebook e no Instagram (tocafitaspontocom) e porque sim! o/

O tocafitas.com.br vai continuar funcionando porque eu não vou abrir mão desse domínio lindo e tão BR.

Então vai ter playlist se você entrar no tocafitas.com.br, no tocafitas.com e nos dois endereços com www, se você for desses. 😉

Deixa eu repetir várias vezes pro Google me colocar na busca:

tocafitas.com
tocafitas.com
tocafitas.com

tocafitas.com é playlist
tocafitas.com é mixtape
Toca fitas é ponto com mas continua muito BR
tocafitas.com tem playlists feitas de gente pra gente
tocafitas.com é música de vários estilos
tocafitas.com é música de várias épocas
tocafitas.com tem playlist pra vários ~momentos~
tocafitas.com é só amor!

*Desculpa essa palhaçada, mas já li várias vezes que falar o nome do site em algum post faz com que ele tenha mais chances de aparecer na busca do Google. E eu acho um desaforo me procurar no Google e não achar nada! Hauahauaha

Em tempo: se você tá chegando agora, ou até se já não tá, tem muita playlist no arquivo. Se você estiver no celular, é só clicar no Menu e selecionar “Lista de listas” – no desktop é só clicar direto em “Lista de listas”.

O mesmo vale para as Coleções, que têm playlists separadas por tag. Por exemplo: clicou em Brasilidades, vai ter só playlists com música brasileira.

E é isso. Chega aí, escolhe a sua playlist… A casa é sua!

P.S.: esse post é pra falar da migração pro tocafitas.com, mas não quer dizer que não tem playlist nova pra ouvir: acabei de atualizar as cinco da coleção dias da semana.

#toca10 Virada Cultural 2018

#toca10 Virada Cultural 2018

A Virada Cultural 2018 trouxe de volta a maioria dos shows pro Centro de São Paulo e tá com muito mais atrações que no ano passado.

Tô aqui pra dividir uma parte bem pequena da minha programação, porque foi MUITO difícil escolher só dez destaques musicais!

Pra você ter uma ideia, deixei de fora da playlist coisas que não têm como estar de fora da minha programação, como Baby do Brasil com Pitty e Tulipa Ruiz, Leo Jaime, Samba de Rainha, Beto Barbosa, Gretchen com Valesca Popozuda, Toquinho, Otto, Mundo Livre S.A., Fafá de Belém, Double You, Toni Tornado, Fernanda Abreu, Fundo de Quintal, Jaloo, Sidney Magal e Balão Mágico, além de um monte de festas e blocos imperdíveis.

Fica aí a playlist que eu faço todo ano, mas vale muito a pena dar uma olhada com calma na programação completa e montar o seu roteiro. Mesmo que não dê pra ver tudo – e não vai dar.

O que tem (na playlist)?

Caetano Veloso – Meia Lua Inteira (1989)
Tarado Ni Você & Caetano Veloso (Sábado, concentração às 20h e saída às 21h – CORTEJOS / Rua da Consolação x Rua Sergipe)

Geraldo Azevedo – Táxi Lunar (1979)
Geraldo Azevedo toca Bicho de Sete Cabeças (Sábado, 22h30 – Palco DISCOS COMPLETOS / Boulevard São João)

Elza Soares – Mulher do Fim do Mundo (2015)
Sábado, 23h59 – Palco QUEER / Praça da República

Mariana Aydar – Te Faço um Cafuné (2016)
Domingo, 2h – Palco FORRÓ / Praça do Patriarca

Netinho – Milla (ao vivo) (1996)
Domingo, 04h – Palco ANOS 90 / Largo do Arouche

Rouge (part. Las Ketchup) – Ragatanga (Aserejé) (2002)
Domingo, 12h – PARQUE ALEGRIA / Vale do Anhangabaú

Chico Science & Nação Zumbi – Maracatu Atômico (1996)
Nação Zumbi toca Afrociberdelia (Domingo, 13h30 – Palco DISCOS COMPLETOS / Boulevard São João)

É o Tchan – A Nova Loira do Tchan (1998)
É o Tchan e Sheila Mello – A volta da Loira (Domingo, concentração às 15h e saída às 16h – CORTEJOS / Rua da Consolação x Rua Sergipe)

Os Paralamas do Sucesso (part. Djavan) – Uma Brasileira (1995)
Domingo, 16h30 – Palco HISTÓRIA DO ROCK / Copan

Falamansa – Xote dos Milagres (2000)
Domingo, 18h – Palco FORRÓ / Praça do Patriarca

Toca aqui:

Ouvir na Deezer Ouvir no Spotify
 
P.S.: tem #toca10 Virada Cultural desde 2014! Os posts com os destaques das edições anteriores estão agrupados na #virada cultural.

 

Flipper Sucessos

Flipper Sucessos

Minhas bandas preferidas na infância eram a-ha, Mara Maravilha e Legião Urbana. Também ouvia muita trilha de novela e rádio (Cidade, Metropolitana, Manchete, Transamérica, Jovem Pan), mas vivia pegando emprestado duas coletâneas que tinham músicas que não tocavam nem nas trilhas de novela e nem nas rádios: “Flipper Hits” e “Sucessos da Rádio Manchete FM Volume 4”.

flipperhits_sucessosdamanchete

Já falei dessas coletâneas no post sobre a playlist de 1982, mas por que não juntar o repertório dos dois discos no streaming?

O que é?
Flipper Hits + Sucessos da Manchete

O que toca?
Pop, Rock, Funk

Cheia de manias?
Nada. As músicas estão na ordem em que aparecem nos discos e eu só excluí, obviamente, o que não estava disponível no Spotify.

E o que tem?

FLIPPER HITS

The Human League – Don’t You Want Me? (1981)
Asia – Only Time Will Tell (1982)
The Go-Go’s – Vacation (1982)
Journey – Don’t Stop Believin’ (1981)
Survivor – Eye of the Tiger (1982)
Kansas – Play the Game Tonight (1982)
Buckner & Garcia – Froggy’s Lament (1982)

SUCESSOS DA RÁDIO MANCHETE FM VOLUME 4

Trio – Da Da Da (I Don’t Love You You Don’t Love Me Aha Aha Aha) (1982)
Afrika Bambaataa & The Soulsonic Force – Planet Rock (Original 12″ Version) (1982)
The Korgis – Don’t Look Back (1982)
The GAP Band – Early in the Morning (1982)
Genesis – Paperlate (1982)
Elton John – Blue Eyes (1982)
10cc – Run Away (1981)
Steve Miller Band – Abracadabra (12 Inch Mix) (1982)
ABC – The Look of Love (Pt. I) (1982)
Nazareth – Love Leads to Madness (1982)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer Ouvir no Spotify

Domingueira

Domingueira

O que é?
Nos-tal-gi-a

O que toca?
Disco, Funk, Soul, Rock, Samba-Rock, Hip-Hop

Cheia de manias?
São 24 músicas, que eu dividi como se fosse um álbum duplo com seis músicas em cada lado. Deu vontade de fazer assim por causa de uma das referências que definiram o repertório: as coletâneas em vinil da Som de Valente.

Tem música do final dos anos 50 até a primeira metade dos 80. As exceções são as que finalizam cada “álbum”: versão do Kaleidoscópio para “Só Nos Bailes”, da Adriana Drê, e “Sr. Tempo Bom’, do Thaíde & DJ Hum.

A divisão entre músicas brasileiras e estrangeiras é totalmente aleatória, mas segue o critério do “ficou bom aqui” que definiu a ordem de todas as músicas. Tocando no aleatório achei que não ficou tão legal. Então, se possível, recomendo desativar o shuffle.

E o que tem?
Diana Ross – I’m Coming Out (1980)
Banda Black Rio – Mr. Funky Samba (1977)
Tim Maia – Réu Confesso (1973)
Roberto Carlos – Não Vou Ficar (1969)
Paul McCartney – Check My Machine (edit) (1980)
Universal Robot Band – Dance and Shake Your Tambourine (1977)

Caetano Veloso – Odara (1977)
Indeep – Last Night a D.J. Saved My Life (1982)
The B. B. & Q. Band – On The Beat (1981)
Cheryl Lynn – Got To Be Real (1978)
Di Melo – A Vida em Seus Métodos Diz Calma (1975)
Kaleidoscópio – Só nos Bailes (Black) (2016)

Ray Charles – What’d I Say, Pt. I & II (1959)
Bert Kaempfert – Afrikaan Beat (1962)
Trio Mocotó – Recordar (Recordar é Viver) (1973)
Rita Pavone – Datemi Un Martello (If I Had a Hammer) (1963)
Jorge Ben Jor – Berenice (1978)
Orlandivo – Onde Anda o Meu Amor (1977)

Queen – Crazy Little Thing Called Love (1980)
Lady Zu – A Noite Vai Chegar (1978)
The Jacksons – Shake Your Body (Down to the Ground) (1978)
Chaka Khan – I Feel For You (1984)
Jimmy “Bo” Horne – You Get Me Hot (1979)
Thaíde & DJ Hum (part. Paula Lima & Ieda Hills) – Sr. Tempo Bom (1996)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer Ouvir no Spotify

Posts mais recentes
Posts antigos