Menu Fechar

.sunset 2.0

.sunset 2.0

Fechando o verão, não tem “Águas de Março”, mas tem a continuação de uma das minhas playlists que eu mais gosto.

Falo muito da primeira .sunset, que continua no ar – sem previsão pra ir embora. E que eu obviamente recomendo. 🤓

Hoje não tem textão pós-vídeo. Pela primeira vez, consegui falar tudo o que queria.

O que tem?

Caetano Veloso – Samba de Verão (2000)
Mart’nália – Tempo de Estio (2017)
Lucas Santtana – Partículas de Amor (2014)
Astrud Gilberto e Tom Jobim – Água de Beber (1965)
Marcos Valle – Água de Coco (2003)
Gal Costa – Flor de Maracujá (1974)

Pierre Vassiliu – Qui c’est Celui Là (2006)
Omara Portuondo e Maria Bethânia – Só Vendo Que Beleza (Marambaia) (2008)
João Bosco – Papel Machê (1984)
Mahmundi – Tarde em Itapuã (2013)
Banda do Mar – Faz Tempo (2014)
Céu – Varanda Suspensa (2017)

Casa Maré – Sinestesia (2016)
Otto (part. Julieta Venegas) – Saudade (2009)
Adriana Calcanhotto – Maritmo (1998)
Gilberto Gil – Cores Vivas (1984)
Silva – A Cor é Rosa (2018)
Djavan – Lilás (1984)

Zélia Duncan – Sortimento (2001)
Tom Jobim – Tide (Alterate Take) (1970)
Fernanda Takai (part. Marcos Valle) – Fotografia (2018)
Caetano Veloso – Você é Linda (1983)
Guilherme Arantes – Coisas do Brasil (1986)
Stacey Kent – One Note Samba (Samba de Uma Nota Só) (2013)

Mombojó – O Céu, o Sol, o Mar (2006)
Benditos (part. Mart’nália) – Carol ou Clarisse (2013)
Os Cariocas (part. Chico Buarque) – Januária (2013)
Wilson Simonal – Balanço Zona Sul (1965)
Celso Fonseca (part. Cibelle) – Ela é Carioca (2003)
Bossacucanova (part. Adriana Calcanhotto) – Previsão (2004)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify   Ver no YouTube

Tropicalidades

Tropicalidades

A lista de hoje fala um pouco de como o tropicalismo mudou pra sempre a música brasileira.

ATUALIZAÇÃO: no vídeo falei que tinha “O Que é Que Essa Nega Quer”, do Luiz Caldas, mas mudei pra “Haja Amor”, que é mais emblemática na carreira dele e que traz mais daquela mistura caribenha que eu citei no vídeo.

Duas coisas importantes que eu esqueci de comentar no vídeo. Primeiro: óbvio que isso aqui não tem a MENOR pretensão de ser um estudo sobre a Tropicália e/ou sobre o que ela influenciou e influencia a música brasileira até hoje. Mesmo fazendo a coisa em ordem cronológica, a música brasileira é muito diversa, então sempre existiram várias linhas do tempo andando ao mesmo tempo; o que eu fiz aqui foi “costurar” músicas entre algumas dessas linhas do tempo pra dar uma unidade na playlist. Além do mais, é só a minha visão.

E segundo que 50 músicas é música pra caramba! Se você quiser experimentar ouvir tudo, do começo ao fim, vou adorar (e querer saber o que você achou). Mas se quiser deixar no shuffle, quem sou eu pra recriminar? Também experimentei começar por determinada década e achei legal.

No mais, é isso. Tem Caetano Veloso três vezes: em 1967, em 1987 e em 2007 – intervalos de 20 anos e uma última música que foge completamente da coisa festa/solar, mas que, há 12 anos, é um dedo na ferida e traz uma clareza em discussões que nem estavam na “pauta” daquele ano que impressiona. E fala muito sobre o ser brasileiro!

Meu Deus, tem vídeo e textão! Mas são 50 músicas, né? E 50 músicas é música pra caramba!

O que tem?

Caetano Veloso – Tropicália (1967)
Os Mutantes – Bat Macumba (1968)
Gal Costa – Tuareg (1969)
Tim Maia – Coroné Antônio Bento (1970)
Tom Zé – Jimmy Renda-se (1971)
Gilberto Gil – Back in Bahia (1972)
Novos Baianos – Os “Pingo” da Chuva (1973)
Secos & Molhados – O Vira (1973)
Alypyo Martins – Piranha (1974)
Emílio Santiago – Bananeira (1975)
Jorge Mautner – Samba Jambo (1975)
Jorge Ben Jor – Taj Mahal (1976)
Fafá de Belém – Emoriô (1977)
A Cor do Som – Beleza Pura (1979)
Rita Lee – Baila Comigo (1980)
Pepeu Gomes – Masculino e Feminino (1983)
Lulu Santos – Tudo Azul (1984)
Os Paralamas do Sucesso – Alagados (1986)
Caetano Veloso (part. Luiz Melodia) – “Vamo” Comer (1987)
Trio Elétrico Dodô e Osmar – Depois que o Ilê Passar (1987)
Luiz Caldas – Haja Amor (1987)
Margareth Menezes – Uma História de Ifá (1988)
Moraes Moreira e Pepeu Gomes – Eu Também Quero Beijar (ao vivo) (1991)
Daniela Mercury – Você Não Entende Nada / Cotidiano (1992)
Olodum – Alegria Geral (1993)
Chico César – Pedra de Responsa (1996)
Chico Science & Nação Zumbi – Maracatu Atômico (1996)
O Rappa – Vapor Barato (1996)
Pedro Luís & A Parede – Caio no Suingue (1997)
Adriana Calcanhotto – Vamos Comer Caetano (1998)
Lenine – Jack Soul Brasileiro (1999)
Cássia Eller – Aprendiz de Feiticeiro (1999)
Clube do Balanço – Saudade de Jackson do Pandeiro (2001)
Fernanda Porto – Sambassim (2002)
Los Hermanos – Samba a Dois (2003)
Eddie – Pode Me Chamar (2003)
Marisa Monte (part. David Byrne) – Statue of Liberty (2006)
Caetano Veloso – O Herói (2007)
Otto – Crua (2009)
Criolo – Bogotá (2011)
Trupe Chá de Boldo (part. Gustavo Ruiz) – Na Garrafa (2012)
Felipe Cordeiro – Problema Seu (2013)
Dona Onete – Jamburana (2013)
Academia da Berlinda – Dorival (2016)
Céu – Minhas Bics (2016)
Silva – A Cor é Rosa (2018)
Illy – Afrouxa (2018)
Elza Soares (part. Ilú Obá de Min) – Banho (2018)
ÀTTØØXXÁ – Toda Sexta-Feira (2019)
BaianaSystem – Bola de Cristal (2019)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify   Ver no YouTube

P.S.: já tem alguns clipes brasileiros a partir dos anos 90 (MTV 💙), com poucas exceções nos anos 80.

Vem bloquinho!

Vem bloquinho!

Eu nem ia postar playlist inédita durante esse carnaval, mas fiz uma compilação extra de algumas coisas que tocaram num bloquinho ótimo que eu fui ontem e que praticamente também é uma compilação de coisas que tocam nas outras listas de carnaval que têm aqui.

Excepcionalmente, não vai ter vídeo porque vídeo dá muito trabalho pra editar, e isso aqui é uma lista BEM despretensiosa, como foi o bloco de ontem. Até porque às vezes a gente só precisa de um caminhãozinho tocando música gostosa de dançar com gente e bebida pra fazer uma festa.

São 30 músicas, tem umas reprises, tem muita mistura e é isso aí.

O que tem?

Bamdamel – Prefixo de Verão (1990)
Banda Eva – Vem, Meu Amor (ao vivo) (1997)
Ara Ketu – Mal Acostumado (ao vivo) (1998)
É o Tchan – Dança da Cordinha (1996)
Caetano Veloso – É Hoje (1983)
Beth Carvalho – Vou Festejar (1978)
Johnny Hooker (part. Gaby Amarantos) – Corpo Fechado (2017)
Pabllo Vittar – Seu Crime (2018)
Gloria Groove – Bumbum de Ouro (2017)
Companhia do Pagode – Na Dança do Strip-Tease (1996)
Caetano Veloso – Reconvexo (ao vivo) (2014)
É o Tchan – A Tomada (ao vivo) (2004)
Pepeu Gomes – Sexy Yemanjah (1993)
Braga Boys – A Bomba (La Bomba) (2000)
Anitta (feat. Tropkillaz & DJ Yuri Martins) – Vai Malandra (2017)
Banda Uó – Arregaçada / U Can’t Touch This (2015)
Aretuza Lovi (part. Pabllo Vittar, Gloria Groove) – Joga Bunda (2018)
Joelma – Voando Pro Pará (2016)
Dona Onete – Banzeiro (2016)
Caetano Veloso – Chuva, Suor e Cerveja (Rain, Sweat and Beer) (1971/1977)
Daniela Mercury (part. Caetano Veloso) – Proibido o Carnaval (2019)
Margareth Menezes – Dandalunda (2001)
Timbalada – Se Você Se For / Música incidental: Máscara Negra (1994)
Ara Ketu – Ara Ketu Bom Demais (1994)
Banda Beijo – Bate Lata (2000)
É o Tchan – Bambolê (1997)
Psirico – Lepo Lepo (2014)
As Meninas – Xibom Bombom (1999)
Caetano Veloso – A Luz de Tieta (ao vivo) (1998)
Daniela Mercury – O Canto da Cidade (1992)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify

#FORA

#FORA

A lista de hoje é o retrato de um momento e o vídeo é o retrato de outro – foi gravado nos últimos dias de 2018.

O que tem?

Caetano Veloso – Podres Poderes (1984)
Gal Costa – Divino Maravilhoso (1968)
Belchior – Não Leve Flores (1976)
Fernanda Porto (part. Chico Buarque) – Roda Viva (2004)
Adriana Calcanhotto – Esquadros (1992)
Elba Ramalho – Paisagem da Janela (1995)
Gilberto Gil – Ensaio Geral (1967)
Novos Baianos – Colégio de Aplicação (1970)
Raul Seixas – Mosca na Sopa (1973)
Marisa Monte – Volte Para o Seu Lar (1991)
Maria Rita – Cara Valente (2003)
Chico Buarque – Apesar de Você (1970/1978)
Beth Carvalho – Vou Festejar (1978)
Teresa Cristina e Grupo Semente – Meu Mundo é Hoje (Eu Sou Assim) (2002)
Milton Nascimento – Para Lennon e McCartney (1970)
Zélia Duncan – Juízo Final (2015)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify   Ver no YouTube

Posts antigos