Menu Fechar

#infancia80

#infancia80

Hoje tem duas listas: uma no YouTube com regravações inusitadas feitas pelas apresentadoras infantis dos anos 80/90 e uma com clássicos que todo mundo que cresceu naquela época ouvia e gostava. O vídeo é todo nostalgia!

Veja a playlist de covers:

Ver no YouTube


O que tem na playlist dos clássicos?

Mara Maravilha (part. Baby do Brasil e Pepeu Gomes) – Bola de Cristal (1987)
A Turma do Balão Mágico – Se Enamora (1984)
Trem da Alegria – Pra Ver Se Cola (1988)
Xuxa – Arco-Íris (1987)
Angélica – Vou de Táxi (Joe le Taxi) (1988)
Jairzinho & Simony – Coração de Papelão (Puppy Love) (1987)
A Turma do Balão Mágico (part. Fábio Jr.) – Amigos do Peito (1984)
Xuxa – Amiguinha Xuxa (1986)
Angélica – Boa Tarde Meu Amor (Mi Generación) (1990)
Mara Maravilha – É Você (1990)
Trem da Alegria (part. Xuxa) – Piuí Abacaxi (1987)
Raul Seixas – O Carimbador Maluco (1983)
A Turma do Balão Mágico (part. Djavan) – Superfantástico (Super Fantastico) (1983)
Mara Maravilha – Curumim Iê Iê (1991)
Angélica – Tic Tac (1989)
Xuxa – Quem Qué Pão (1986)
Moraes Moreira, Baby do Brasil, Ricardo Graça Mello e Bebel Gilberto – Lindo Balão Azul (1982)
Mara Maravilha – Liga Pra Mim (1989)
Paquitas – Fada Madrinha (É Tão Bom) (1989)
Xuxa – Lua de Cristal (1990)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify

Têm versões praticamente idênticas delas mixadas!

Pão na chapa (+1)

Pão na chapa (+1)

O café da manhã é a minha refeição preferida, acho esquisito começar o dia comendo qualquer coisinha, no improviso, de um jeito meio funcional, só pra matar a fome.

É com essa reverência à ~refeição mais importante do dia~ que eu fiz Pão na chapa em 2016, com 18 canções brasileiras solares pra escutar enquanto toma o café.

O vídeo fala da segunda versão, que eu acho necessária nesse (quase) final de 2019, comentando faixa a faixa.

Vou deixar aqui links também das outras playlists citadas no vídeo, que você também encontra no menu principal, na Lista de listas:

O que tem?

Novos Baianos – Preta Pretinha (1972)
Marisa Monte – O Bonde do Dom (2006)
Nação Zumbi – Um Sonho (2014)
Zizi Possi – Bom Dia (1993)
Jorge Mautner – Samba Jambo (1976)
Dóris Monteiro – Cafezinho (1970)
Lucas Santtana – Amor em Jacumã (2011)
Mariana Aydar – Te Faço Um Cafuné (2016)
Moreno Veloso – Deusa do Amor (2011)
Di Melo – Kilariô (1975)
Rita Lee – Nem Luxo, Nem Lixo (1980)
Geraldo Azevedo – Dona da Minha Cabeça (ao vivo) (2016)
BiD e Fernando Nunes (part. Zélia Duncan, Assucena Assucena) – Açaí – JAH-VAN (2018)
Gal Costa – Azul (1982)
Moreno Veloso – Um Passo a Frente (2014)
Clara Nunes – Na Linha do Mar (1979)
Banda do Mar – Solar (2014)
Baby do Brasil – Telúrica (1981)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify   Ver no YouTube

Saravá! RELOADED

Saravá! RELOADED

Saravá! é uma playlist que eu fiz no comecinho de 2015 com alguns clássicos da MPB com referência – e reverência – às religiões brasileiras de matriz africana.

Na época, fazia as playlists no 8tracks (lembra?), mas, com o fim do 8tracks no Brasil e com o acervo ainda meio limitado de música brasileira nas plataformas de streaming, transportei as músicas para a Mixcloud, em versão mixada.

Como extra da lista desta semana, Fé na MPB, que tem 30 canções brasileiras que falam sobre religiosidade e espiritualidade na música, mas que traz muito pouco das religiões de matriz africana – e com o acervo da Deezer e Spotify bem melhor servido de Brasil -, resolvi trazer mais essa lista da coleção Atacando de DJ pro streaming. Legal pra quem é assinante, que pode baixar e ouvir off-line. 🙂

O que tem?

Mariana Aydar – Candomblé (2006)
Alvaro Lancellotti – Gira de Caboclo (2012)
Os Tincoãs – Deixa a Gira Girá (1973)
Martinho da Vila – Festa de Umbanda (1974)
Clara Nunes – O Mar Serenou (1975)
Marisa Monte – Lenda das Sereias (1989)
Gilberto Gil – Babá Alapalá (1977)
Vinicius de Moraes, Toquinho e Maria Creuza – Canto de Ossanha (1970)
Zeca Baleiro (part. Chico César) – Mamãe Oxum (1997)
Rita Benneditto – É D’Oxum (2006)
Caetano Veloso – Jorge de Capadócia (1975)
Ronnie Von – Cavaleiro de Aruanda (1972)
Teresa Cristina e Grupo Semente – Nem Ouro, Nem Prata (2007)
Metá Metá – Obá Iná (2010)
Baden Powell e Vinícius de Moraes – Canto de Xangô (1966)
Maria Bethânia – Iansã (1972)
Clara Nunes – A Deusa dos Orixás (1975)
Martinho da Vila – Festa de Candomblé (1983)
Os Tincoãs – Cordeiro de Nanã (1977)
Rita Benneditto – Canto para Oxalá (2006)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify

Fé na MPB

Fé na MPB

A lista de hoje tem 30 canções brasileiras que falam sobre a nossa forma de vivenciar religião e espiritualidade, mas no vídeo também conto porque não tem nenhuma playlist gospel por aqui e questiono até onde a liberdade de culto pode, fora da igreja, esbarrar no discurso de ódio.

A mudança do nome de “MPB gospel” pra “Fé na MPB” deixou a lista mais livre e fez caber até “Deus é o Amor”, canção composta pelo Jorge Ben Jor e gravada pela Gal Costa no seu álbum de estreia, que, apesar do nome e da metáfora religiosa, fala de outra chuva que fez com que “todo mundo” fosse embora – menos a Gal – naquela época.

Tem reprises de Roberto Carlos, Nando Reis, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Clara Nunes, Raul Seixas, Jorge Ben Jor e Tim Maia.

O que tem?

Roberto Carlos – Jesus Cristo (1970)
Nando Reis – Todos Estão Surdos (2019)
Elis Regina – Se Eu Quiser Falar com Deus (1980)
Gilberto Gil – Tempo Rei (1984)
Rita Benneditto – Oração do Tempo (2006)
Caetano Veloso – Ofertório (ao vivo) (2018)
Ivan Lins – Bandeira do Divino (1978)
Milton Nascimento – Calix Bento (Obra Recolhida do Folclore Mineiro) (1976)
Clara Nunes – Menino Deus (1974)
Raul Seixas – Que Luz é Essa? (1977)
Mariana Aydar – Maior é Deus (2006)
Roberto Carlos – Fé (1978)
Jorge Ben Jor – Velhos, Flores, Criancinhas e Cachorros (1975)
Gal Costa – Deus é o Amor (1968)
Emílio Santiago – Brother (1975)
Beth Carvalho – Senhora Rezadeira (1979)
Grupo Fundo de Quintal – Fé em Deus (2011)
Caetano Veloso, Tom Veloso – Tá Escrito (ao vivo) (2018)
Clara Nunes – Juízo Final (1975)
Jorge Ben Jor – Hermes Trismegisto e Sua Celeste Tábua de Esmeraldas (1974)
Tim Maia – Universo em Desencanto (1975)
Baby do Brasil – Cósmica (1981)
Raul Seixas – Gita (1974)
Nando Reis & Os Infernais – Mantra (2004)
Alceu Valença – Anunciação (1983)
Maria Bethânia (part. Noca da Portela, Toninho Nascimento, Tranka) – Ilumina (1992)
Paulinho da Viola – Timoneiro (1996)
Samuca e a Selva (part. Luedji Luna) – Fé Fega, Faca Amolada (2018)
Gilberto Gil – Andar Com Fé (1982)
Tim Maia – Que Beleza (1976)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify   Ver no YouTube

Primavera

Primavera

A lista de hoje é uma saudação aos recomeços.

Tinha tanta coisa que eu pensei que tivesse falado quando gravei esse vídeo, mas fiquei na intenção (ou perdi a parte). Não falei da mistura de indie rock/pop com rock clássico e música brasileira, que também era um teste de mistura pensada pra tocar no rádio. Essa playlist vai de Two Door Cinema Club a Elba Ramalho – então se der pra ouvir sem o shuffle, vai ter menos chance de parecer sem sentido. 😅

Também pensei que tivesse falado sobre como essa ideia de uma programação linear pra tocar a música certa na hora certa fazia mais sentido em 2014 do que agora. Com a ascensão dos podcasts, inclusive com conteúdo produzido por emissoras de rádio tradicionais, a gente tá levando o modelo on demand também pro rádio, misturando as músicas que a gente quer ouvir com o conteúdo que a gente quer ouvir na hora que a gente quer/pode ouvir.

Enfim, de repente gravo um vídeo só pra divagar sobre isso. 🙂

A lista tem reprises do Rodrigo Amarante (aparece com o Los Hermanos, com o Little Joy e sozinho) e da Marisa Monte (aparece sozinha e com o Arnaldo Antunes). E eu disse que não existe a obrigação de ter música nova, mas quase metade da lista é dessa década.

O que tem?

Feist – 1234 (2007)
Los Hermanos – Casa Pré-Fabricada (2001)
Led Zeppelin – Stairway to Heaven (1971)
Marisa Monte – Vilarejo (2006)
The Beatles – Here Comes The Sun (1969)

Vampire Weekend (feat. Steve Lacy) – Sunflower (2019)
Rubel – Só Pra Te Mostrar (2019)
Arcade Fire – Everything Now (2017)
Rita Lee – Mamãe Natureza (1974)
The Byrds – Turn! Turn! Turn! (To Everything There is a Season) (1965)

Cícero – Tempo de Pipa (2011)
Alice Merton – No Roots (2016)
New Order – Regret (1993)
Céu – A Nave Vai (2016)
Little Joy – Brand New Start (2008)

The Zombies – Time Of The Season (1968)
Tulipa Ruiz (part. Felipe Cordeiro, Gustavo Ruiz, Manoel Cordeiro, Luiz Chagas) – Virou (2015)
Noah and the Whale – 5 Years Time (2007)
Two Door Cinema Club – What You Know (2010)
Nação Zumbi (part. Ney Matogrosso) – Amor (2017)

Belle & Sebastian – There’s Too Much Love (2000)
Zélia Duncan (part. Naná Vasconcelos) – Tudo ou Nada (2005)
David Bowie – Heroes (Single Version) (1977)
Elba Ramalho – Veja (Margarida) (ao vivo) (1996)
Radical Face – Always Gold (2011)

Arnaldo Antunes (part. Marisa Monte) – Paradeiro (2001)
Portugal. The Man – Feel It Still (2017)
Florence + The Machine – Shake it Out (2011)
Rodrigo Amarante – Maná (2013)
Beirut – Elephant Gun (2006)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify   Ver no YouTube

Posts antigos