#toca10 lacres

O que é?
Só close certo

O que toca?
etc.

Cheia de manias?
De “Vem Neném” a “Lepo Lepo”, todo ano aparece alguma música com o tema “sou macho pegador, quero te comer” pra tocar muito no carnaval. 2017 tinha tudo pra ter um “meu pau te ama” como música da vez, mas pelo menos o carnaval de rua de São Paulo preferiu “Todo Dia”, da Pabllo Vittar com o Rico Dalasam, que invertia completamente esse padrão com “eu não espero o carnaval chegar pra ser vadia”.

Pabllo Vittar, nos meses que se seguiram, virou uma cantora pop mainstream, mas não é a única dessa leva de artistas novos que, em diferentes estilos, vêm contribuindo muito pra representatividade LGBT na mídia.

É óbvio que esse pessoal não inventou a roda. Mas, mesmo tantos anos depois de Secos & Molhados, Dzi Croquettes, Rogéria, Cazuza, Cássia Eller e tanta gente incrível que marcou a nossa cultura, ainda tem ~gente~ invadindo página de cantora drag no YouTube pra colocar vídeos nada a ver e foto daquele deputado que eu não vou falar o nome pra evitar essa mania de “divulgar” o que a gente abomina.

Enfim, demorou pra falar desse pessoal e celebrar essa representatividade por aqui.

De mania na playlist só tem uma primeira metade mais pop e um “lado B” na segunda metade.

No mais, são só 10 músicas, então ficou faltando muita gente. Que bom, né? 😉

E o que tem?
As Bahias e a Cozinha Mineira – Dama da Night (2017)
Rico Dalasam – Fogo em Mim (2017)
Pabllo Vittar – K.O. (2017)
Banda Uó – Cremosa (2015)
Aretuza Lovi (feat. Gloria Groove) – Catuaba (2016)
Johnny Hooker – Alma Sebosa (2015)
Jaloo – Ah! Dor! (2015)
Linn da Quebrada – Bixa Preta (2017)
Aíla – Lesbigay (2016)
Thiago Pethit – Moon (2012)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer Ouvir no Spotify

Anúncios