Tudo é samba!

Um slogan da antiga MPB FM era “MPB é tudo”. Ele chegou a ser trocado por outro mais “explicadinho” (“MPB é mais que MPB. MPB é tudo”), mas nem precisava de tanta explicação.

Essa playlist é a primeira de uma série pra brincar com essa mistura que não é mistura.

O que é?
Samba é MPB e MPB também é samba

O que toca?
MPB e/ou Samba

Cheia de manias?
São 20 músicas. E uma maioria de clássicos do samba que são clássicos da MPB e/ou clássicos da MPB que são clássicos do samba – vou parar de usar “MPB”.

A minha intenção é postar 100 músicas até o fim de 2014, com uma “Tudo é samba!” no começo de cada mês. Se tudo continuar nas CNTP (condições normais de temperatura e pressão – nem sei porque eu lembrei disso) ou se Deus quiser, eu posto.

Atualizando: postei as 100 músicas em 2014, e mais 100 em 2017.

A última música dessa primeira lista é “Isto Aqui o Que é”. Porque “é um pouquinho de Brasil”, e vem mais depois.

E o que tem?
Vinícius de Moraes – Samba da Bênção (1963)
Maria Bethânia (part. Caetano Veloso e Gilberto Gil) – Alguém me Avisou (1980)
Jorge Ben Jor – Rosa, Menina Rosa (1963)
Teresa Cristina e Grupo Semente – Nem Ouro, Nem Prata (2007)
Djavan – Flor de Lis (1976)
Martinho da Vila – Disritmia (1974)
Beth Carvalho – Andança (1969)
João Nogueira – Espelho (1977)
Novos Baianos – Quando Você Chegar (1973)
Marisa Monte – Esta Melodia (1994)
Paulinho da Viola – Dança da Solidão (1972)
Chico Buarque – Samba do Grande Amor (1984)
Samba de Rainha – Samba de Ninar (2012)
Almir Guineto – Mel na Boca (1986)
Mart’nália – Cabide (2006)
Luiz Melodia – Diz Que Fui Por Aí (1999)
Cássia Eller – Vá Morar Com o Diabo (2001)
Casuarina – Laranja Madura (2005)
Beth Carvalho – Tradição (Vai no Bexiga Pra Ver) (1993)*
Caetano Veloso – Isto Aqui o Que é (1988)

* com Geraldo Filme (1980), na versão para 8tracks

Toca aqui:

Ouvir na Deezer Ouvir no Spotify Ouvir versão para 8tracks

Anúncios