Bailinho de máscara

A ideia era fazer uma festa apocalíptica, mas acabou não ficando tão focada no tema porque no momento em que esse post tá sendo escrito eu ainda não tô 100% confortável pra brincar com o tema – que não anda tão descolado assim da realidade. 😬

Ficaram vários “microsets” misturados em que uma música vai chamando a outra, seja por semelhança na letra, seja na batida, seja pelo contraste… Enfim, conto melhor no vídeo – ou tento.

O que tem?

Whitney Houston – I Wanna Dance with Somebody (Who Loves Me) (1987)
Billy Idol – Dancing With Myself (1985)
Arnaldo Antunes – A Casa é Sua (2009)
Titãs – Sonífera Ilha (1984)
Britney Spears – Toxic (2003)
Portugal. The Man – Feel It Still (2017)
Dua Lipa – Don’t Start Now (2019)
Elza Soares – Banho (2018)
Ney Matogrosso – O Último Dia (2019)
Rihanna – SOS (2006)
Soft Cell – Tainted Love (1983)
Letrux – Saúde (2020)
Rita Lee – Mamãe Natureza (1974)
Jorge Ben Jor – Alcohol (1993)
Bee Gees – Stayin’ Alive (1977)
Lady Gaga – Stupid Love (2020)
Capital Cities – Safe and Sound (2013)
Banda Eva – Eva (ao vivo) (1997)
BaianaSystem – Bola de Cristal (2019)
Secos & Molhados – Mulher Barriguda (1973)
The Smiths – Panic (1987)
Madonna – Die Another Day (2003)
Kid Abelha – Lágrimas e Chuva (1985)
Biquini Cavadão – Tédio (1986)
The Beatles – Help! (1965)
JAY-Z (feat. Alicia Keys) – Empire State of Mind (2009)
Vange Leonel – Noite Preta (1991)
Marina Lima – Pra Começar (2018)
The Cure – The Caterpillar (1984)
Depeche Mode – Shake The Disease (1986)
Adriana Calcanhotto – E o Mundo Não Se Acabou (ao vivo) (2000)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer   Ouvir no Spotify