#toca10 Virada Cultural 2017

Todo mundo que acompanha a programação da Virada Cultural já sabe que esta edição tá diferente, com os shows maiores em espaços fora do centro da cidade. Antes já tinha atrações descentralizadas, mas eram alternativas – as principais continuavam no centro, de acordo com a proposta original.

O modelo anterior, com acesso a todos os palcos à pé, dava a impressão de que era possível ver qualquer show, por mais que fosse preciso andar muito – e por mais que, na prática, a gente nunca conseguisse ver tudo o que pretendia. No modelo novo, não tem jeito: quem quiser ver algum show grande, vai ter abrir mão de vários menores do Centro.

O palco da Luz e o palco brega do Arouche vão fazer falta, a data coincidir com a Virada Paulista é um ponto negativo, mas não tô aqui pra reclamar da Virada Cultural, até porque quase ninguém lê textão.

Tô aqui pra dividir parte da minha programação, com 10 destaques musicais desta Virada, dentre as coisas que eu conheço.

Cheia de manias?
Resolvi mesclar eventos do Centro com eventos dos outros palcos, e montei a playlist obedecendo a ordem em que os eventos vão acontecer.

E o que tem (na playlist)?

Daniela Mercury – Swing da Cor (1991)
Sábado, 18h – Sambódromo do Anhembi (Palco Anhembi)

Samba de Rainha – Eu Quero É Botar Meu Bloco na Rua (2010)
Sábado, 19h30 – Ipiranga x São João (Esquina do Samba)

Edy Star – Baioque (1974)
Sábado, 22h – Copan (Cabaré Queer)

Figueroas – Não Há Dinheiro Que Pague (2017)
Sábado, 22h30 – Álvares Penteado x São Bento (Latino Americano)

Trupe Chá de Boldo – Na Garrafa (2012)
Trupe Chá de Boldo + A Fantástica Fábrica de Chocolates (Domingo, 0h – Praça das Artes)

Fafá de Belém – Filho da Bahia (1975)
Domingo, 0h30 – Sambódromo do Anhembi (Palco Anhembi)

Jaloo – Insight (2015)
Domingo, 13h – Copan (Cabaré Queer)

É o Tchan – Dança da Cordinha (1996)
Cortejo 90tinha – com Compadre Washington, Beto Jamaica e Molejo (Domingo, 14h – Concentração na Rua Barão de Itapetininga, em frente ao Theatro Municipal)

Karina Buhr – Dragão (2015)
Domingo, 16h – Centro Cultural São Paulo (Sala Adoniran Barbosa)

Alcione – Pra Que Chorar (1977)
Domingo, 17h – Parque do Carmo (Palco Principal)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer Ouvir no Spotify

A Virada deste ano talvez seja menos focada em grandes shows como as anteriores, mas a programação tem vários outros destaques, como os musicais no Anhangabaú e o palco de tributos na São João, além de novidades interessantes como os cortejos do Centro – todos dão vontade de ir – e mais festas, além dessa dinâmica que o secretário de Cultura fala de conhecer artistas passeando pelos shows do Centro.

A programação completa tá no site oficial. Vamos ver como vai ser esse esquema novo. E vamos! 🙂

Anúncios