tocarquivo Novos Baianos

Começo aqui uma nova série: tocarquivo, com músicas de sucesso de determinado artista, como a “This is: [nome da banda]” do Spotify* – que é ótima.

* Mas se já tem no Spotify, pra que fazer também?
Pra fazer com artistas que o Spotify não fez e/ou com aqueles que talvez não faria. 😉

Começo a série com Novos Baianos, uma das bandas que mais ouço desde que conheci.

Eles lançaram, em 1972, o Acabou Chorare, que foi eleito pela Rolling Stone o melhor disco brasileiro de todos os tempos e que, além de ter os maiores sucessos da banda, foi um divisor de águas na carreira deles por ser o primeiro álbum sob influência do João Gilberto.

Mas tem muita coisa boa dos Novos Baianos que não tá no Acabou Chorare. E esta lista aqui pega um pouco disso.

Cheia de manias?
Só a ordem cronológica e a ordem em que as músicas aparecem nos álbuns. Acho que respeita mais o trabalho dos artistas e, no caso dos Novos Baianos, fica mais fácil perceber a diferença entre a música que eles faziam “pré-João Gilberto”, em 1970, e pós-João Gilberto / Acabou Chorare, de 1973 pra frente.

O que tem?
Ferro na Boneca (1970)
Colégio de Aplicação (1970)
Baby Consuelo (1970)
Sorrir e Cantar Como Bahia (1973)
O Samba da Minha Terra (1973)
Vagabundo Não é Fácil (1973)
Com Qualquer Dois Mil Réis (1973)
Quando Você Chegar (1973)
Eu Sou o Caso Deles (1974)
Linguagem do Alunte (1974)
Na Cadência do Samba (1974)
Ô Menina (1974)
Beija-Flor (1976)
Se Chorar Beba a Lágrima (1976)
Caia na Estrada e Perigas Ver (1976)
Brasileirinho (1976)
Praga de Baiano (1977)
Farol da Barra (1978)
Isto Aqui o Que é? (1978)
99 Vezes (1978)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer Ouvir no Spotify

P.S.: depois que eu fiz essa lista, o Spotify fez uma This is Novos Baianos, mas essa aqui continua sendo a única que explora exclusivamente destaques da obra deles de fora do Acabou Chorare.

Anúncios