Domingo Legal old school

ATUALIZADA EM ABRIL/2018

Quando a internet não existia ou quando era muito nova e quase ninguém tinha acesso, era muito mais comum a gente conhecer música pelo rádio e TV. E aí acredito que era mais comum todo mundo* conhecer as mesmas coisas, tanto por não ter tanto lugar assim pra conhecer música, quanto pela indústria fonográfica, que tinha força pra “selecionar” o que a gente ia conhecer.

Dito isso, APRESENTAMOS DOMINGO LEGAL OLDSCHOOL! (entendedores – ou quem viu propaganda do (011) 1406 – entenderão)

O que é?
A formação musical brasileira dos últimos anos pré-internet

O que toca?
Pagode, Axé, Funk Melody, Soul, Pop, Sertanejo

Cheia de manias?
Só uma mistura de coisas que tocavam entre o táxi do Gugu, a banheira e as visitas indiscretas pra procurar coisas na casa do povo.

Nem tudo é dos anos 90, mas tudo é desse período.

E o que tem?
Art Popular – Fricote (1997)
Asa de Águia – Manivela (1997)
Netinho – Milla (ao vivo) (1996)
Claudinho & Buchecha – Conquista (1996)
Pepê & Neném – Mania de Você (1999)
Fat Family – Jeito Sexy (Shy Guy) (1998)
Sampa Crew – Eterno Amor (1994)
Latino – Vitrine (1997)
Thalía – Piel Morena (1997)
Vinny – Heloísa Mexe a Cadeira (Radio Edit) (1998)
P.O. Box – Papo de Jacaré (1999)
Luka – Tô Nem Aí (2003)
Tchakabum – Tesouro de Pirata (2001)
Companhia do Pagode – Na Dança do Strip-Tease (1996)
É o Tchan – Dança da Cordinha (1996)
Cheiro de Amor – Vai Sacudir, Vai Abalar (1997)
Carrapicho – Tic, Tic, Tac (1996)
As Sublimes – Boneca de Fogo (1993)
Copacabana Beat – Mel da Sua Boca (1995)
Maurício Manieri – Bem Querer (1999)
Só Pra Contrariar – Depois do Prazer (1997)
Simony – Quando Te Vi (Till There Was You) (1996)
Zezé di Camargo & Luciano – Indiferença (1996)
Daniel – Adoro Amar Você (1998)
Exaltasamba – Telegrama (1996)

Toca aqui:

Ouvir na Deezer Ouvir no Spotify

* é isso ou era uma época em que eu ficava mais na frente da televisão e tô aqui falando como se fosse igual pra todo mundo.

Em tempo: viva a internet! Se todo mundo conhecia as mesmas coisas, é bem provável que todo mundo também ignorasse as mesmas coisas.

Anúncios