“Homenagem” ao fim do Ministério da Cultura, extinto numa canetada no primeiro dia do ~novo~ governo do Michel Temer.

Anúncios